Democracia é essencial para o sucesso dos negócios, afirmam empresários das micro e pequenas indústrias, segundo pesquisa SIMPI

Dr Joseph Couri (SIMPI SP/Assimpi BR) - se pronuncia sobre o difícil cenário econômico e aponta ações urgentes para a proteção do emprego, da empresa e do crescimento do país.

Pesquisa realizada pelo Datafolha, a pedido do Sindicato da Micro e Pequena Indústria (SIMPI), cujo tema é ditadura x democracia, entrevistou empresários da categoria e o resultado demonstrou que para 78% deles, a democracia é melhor do que qualquer outra forma de governo para o sucesso dos negócios. Outros 4% avaliam que, em algumas circunstâncias, os negócios teriam melhores resultados numa ditadura do que em regime democrático. E 13% acreditam que para os negócios prosperarem, tanto faz se o governo é democrático ou ditador. A pesquisa também perguntou aos empresários sobre a melhor maneira de governo. A maioria dos entrevistados (76%) prefere a democracia. Já 8% acreditam que em certas circunstâncias a ditadura é melhor. Outros 9% disseram que tanto faz se o governo é uma democracia ou ditadura. Quando perguntados sobre a possibilidade de uma nova ditadura, 63% afirmam que não há chance, ante 8% que disseram que há muita chance de acontecer, outros 19% avaliam que há um pouco de chance e 10% preferiram não responder.

O resultado do levantamento foi comentado por Joseph Couri, presidente do SIMPI no programa “A Hora e a Vez da Pequena Empresa”, que pode ser visto no YouTube. “É a democracia que viabiliza mobilizações, viabiliza a liberdade de expressão e o sucesso dos negócios. O cenário atual é de perda de produção por falta de matéria prima e aumento dos custos. O poder de compra do consumidor está cada vez menor, refletindo no ritmo de produção. O caminho agora é redução de custos ou repasse no preço. Economistas falam na possibilidade de estagflação, ou seja, recessão com perda de emprego e inflação. O nosso desafio é sair desse cenário”, alerta Couri. Precisamos de medidas de auxílio às micro e pequenas empresas para que a economia não caia em colapso, pois sem empresa não há emprego e sem emprego, não há consumo.

Informações para a imprensa

Entre em contato: (11) 3145-1371, de segunda à sexta, horário comercial